segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Dia 14, Lançamento oficial do Carnaval 2020 em Campo Grande MS

O pontapé inicial do Carnaval acontecerá na Praça do Rádio Clube

Blocos de Carnaval  Campo Grande - MS 


O lançamento oficial do Carnaval 2020 em Campo Grande acontecerá no dia 14 de fevereiro, na Praça da República, conhecida como Prada do Rádio Clube, no Centro.

No entanto, no dia 11 a Prefeitura Municipal fará a apresentação de toda a programação do período, incluindo os carnavais dos blocos oficiais e não oficiais por meio da Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo).

As decisões foram tomadas após várias reuniões entre o presidente da Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande, Eduardo Neto; Presidente da Fundação de Cultura do Governo do Estado, Mara Caseiro; e pela Secretária Municipal de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro.

Para o dia 14, está prevista a eleição da Corte de Momo: Rei, Rainha e duas Princesas, e também haverá o lançamento oficial dos sambas de enredo das nove escolas de samba afiliadas a Lienca CG/MS.

“Trata-se de um evento regimental, que consta do Estatuto da Lienca e a Escola que não fizer a apresentação perde ponto”, esclarece o presidente Eduardo Neto. Cada uma das 9 escolas é obrigada a apresentar casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Bateria com, pelo menos, 15 integrantes, e cantar a letra do Samba de Enredo

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

13º Festival do Peixe e 2º Feira Cristã Chegam em abril na Feira Central

A Feira Central recebe em Campo Grande diversas atrações musicais gratuitas de 5 a 12 de abril deste ano durante o 13º Festival do Peixe e a 2º Feira Cristã. Na abertura do Festival do Peixe, domingo (5), Chicão Castro, Paulo Sérgio e Santhiago, e outros convidados cantam sucessos a partir das 20h para celebrar a cultura sul-mato-grossense.
13º Festival do Peixe

Já no dia 9 de abril, quinta-feira, o cantor cristão Paulo César Baruk é um dos nomes confirmados e se apresenta às 20h, também na Feirona.
Baruk começou na música ainda adolescente fazendo parte de corais, bandas e orquestras como instrumentista. Hoje, além de cantor com um estilo único que utiliza soul, funk, rock e RB, é produtor e arranjador, somando dezenas de trabalhos realizados em sua carreira.
FESTIVAL DO PEIXE E FEIRA CRISTÃ
Com duração de sete dias, a festividade dupla tem apoio da Fundtur (Fundação de Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul) neste ano, e realização da Afecetur (Associação da Feira Central, Cultural e Turística de Campo Grande).
“O Festival do Peixe é uma oportunidade para valorizarmos a produção sul-mato-grossense de pescado nessa data tão propícia que é a Semana Santa. Estamos preparando um evento cheio de atividades e promoções para o nosso público”, detalha a presidente da Afecetur, Alvira Appel.
SOBRE A FEIRA CENTRAL
Com quase 100 anos de história, a Feira Central possui cerca de 300 empreendimentos como restaurantes, lojas de varejo e bancas de doces artesanais, salgados e hortifrúti, entre outros. Abriga o tradicional Sobá, prato de origem oriental trazido por imigrantes japoneses a Campo Grande. A Feira está instalada no complexo da antiga Estação Ferroviária, com entrada pela Rua 14 de julho ou pela Esplanada da Estação Ferroviária, no início da Avenida Calógeras, Centro da capital de MS.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Conheça,os principais pontos turísticos de Campo Grande, em um dia


Seja Bem-Vindo a Campo Grande, se você vir de avião.

Aeroporto de Campo Grande foto:MSPORFAVOR

Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul, carrega 120 anos de história. A população tem na pluralidade sua melhor definição, pois apresenta elementos de povos migratórios que escolheram o centro-oeste brasileiro como lar.
Japoneses, libaneses, italianos, gaúchos, paulistas e mineiros deram origem à grande mistura de culturas que hoje formam os campo-grandenses.
Veja também: 
Para conhecer as trajetórias daqueles que construíram Campo Grande, O Sul Mato Grossense indica um roteiro simples na região central da cidade para você desbravar a história da Capital sul-mato-grossense, passeando por 11 pontos turísticos. Confira!

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Bonito (MS) é votado Melhor Destino de Ecoturismo pela 16ª vez

A cidade de Bonito, Mato Grosso do Sul, foi eleita pela 16ª vez o Melhor Destino de Ecoturismo


Em sua 18ª edição, o O Melhor de Viagem e Turismo 2019/2020 se mantém como o mais relevante prêmio do turismo brasileiro por uma razão simples: a escolha é feita pelo público. E nenhum outro prêmio nacional abrange tantas categorias, 24 ao todo, que vão de companhias aéreas até hostels. O questionário, divulgado nas redes sociais da Viagem e Turismo e em vários sites do Grupo Abril, teve 2621 correspondentes de norte a sul do país. A coleta foi feita entre 1 de outubro e 9 de dezembro de 2019.

Gruta do Lago Azul - Bonito. Foto: Divulgação.


quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Desconto para Sul-Mato-Grossenses podem chegar ate 60% em Bonito MS

Conhecido como um dos melhores destinos de ecoturismo do Brasil, localizada no Estado de Mato Grosso do Sul, a cidade de Bonito pode ser visitada o ano todo. Para quem deseja pagar mais barato e conseguir agendar os passeios e hospedagem com mais facilidade o ideal é visitar o destino turístico na baixa temporada.

Cachoeira em Bonito (MS). Foto: Ben Oliveira


“MS+Bonito”. Este é o título da inédita campanha promocional, idealizado agência H2O Ecoturismo, que pretende atrair visitantes sul-mato-grossenses afugentados pelo conceito de que Bonito é um destino caro e inacessível para quem tem salário em Real, e que é muito mais barato viajar para o exterior.

sábado, 4 de janeiro de 2020

Como ser um turista sustentável

Regrinhas básicas para ser um turista sustentável

Claro que existem muitas regras sobre como um turista deve se portar em turismo ecológico e em praias, mas aqui vamos citar as mais essenciais:

Turista Sustentável - Foto: Viajarverde