terça-feira, 7 de abril de 2015

Dia 08 de Abril - Dia Mundial de Combate ao Câncer




Amanhã, dia 08 de abril, é lembrado o Dia Mundial de Combate ao Câncer, data criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Trata-se de um momento muito importante no calendário médico oncológico, pois marca um dia que, na verdade, o oncologista clínico vivencia diuturnamente na sua luta pela melhoria de vida do paciente portador de tumor maligno. É uma doença debilitante, tanto do ponto de vista patológico, quanto do ponto de vista terapêutico, pois pode trazer muitas repercussões no cotidiano de quem a enfrenta e que certamente reverberam em todos com os quais convivem.

Os tratamentos médicos direcionados a tal doença têm evoluído bastante, especialmente com o advento de uma melhor compreensão da biologia tumoral, que permite o desenvolvimento de drogas mais dirigidas a alterações tumorais específicas, chamadas de terapia alvo, que reduzem a toxicidade agregada e otimizam a eficácia. A imunoterapia, que utiliza o sistema imunológico individual para atacar a doença, tem tido uma recente releitura por meio do surgimento de novas classes de medicamentos com um poder maior de manipulação deste aparato orgânico constitutivo, com um padrão bastante distinto de para-efeitos, mas com alguns resultados impressionantes em longo prazo.



Em 1995, em Campo Grande – MS, a Fundação Carmem Prudente de Mato Grosso do Sul - FCPMS, sucessora da Associação Campo-Grandense de Combate ao Câncer – ACCC, surgiu com o ideal assistencialista às pessoas portadoras de câncer, tomando como base o trabalho então desenvolvido pelo médico Dr. Antônio Prudente e sua esposa Sra. Carmen Prudente. Porém, em 1996, o hospital é inaugurado como Hospital do Câncer Professor Doutor Alfredo Abrão – HCAA.

No ano de 2013, renasce a instituição. Revitalizado, com novos planos, metas e objetivos, o Hospital de Câncer de Campo Grande - Alfredo Abrão reforça o seu compromisso com a população do estado de Mato Grosso do Sul: oferecer a cada dia um atendimento mais eficiente, humanizado e capacitado aos pacientes com câncer.

O HCAA possui hoje um Grupo de Trabalho Humanizado Hospitalar (GTHH), instituído em conformidade com a Política Nacional de Humanização, formado por uma equipe multidisciplinar.

Iniciando a assistência, o Serviço de Atenção Domiciliar - SAD foi implantado neste ano, sob muita expectativa e empenho em prestar um atendimento de qualidade e humano, para que os pacientes aptos à atenção em casa possam voltar ao convívio de suas famílias.

Também em 2013 foi inaugurado na Capital Morena, o Hospital do Câncer de Barretos com o suporte do Instituto de Diagnóstico e Prevenção Antônio Morais dos Santos. A entidade é mais uma filial do Hospital de Câncer de Barretos e tem como meta a realização de oito mil exames por mês, que atenderá integralmente ao SUS (Sistema Único de Saúde).

Exames preventivos de mama, próstata, colo uterino e pele estarão disponíveis gratuitamente à população de Campo Grande através de uma unidade fixa de diagnóstico e de uma carreta adaptada e equipada para percorrer periferias e realizar os exames na população, que não tem condições de se dirigir à unidade fixa.

O prédio com 2,6 mil metros quadrados de área construída terá capacidade para atender gratuitamente (via SUS) até 500 pacientes/dia. São consultórios, salas equipadas com mamógrafos, aparelhos de ultrassom, centro cirúrgico, etc.

Já a carreta adaptada percorrerá toda a cidade de Campo Grande e conseguirá realizar 50 mamografias e 100 coletas de papanicolaou, na primeira etapa, sendo que no início de 2014 darão inicio os exames de diagnóstico de próstata e pele. O cronograma que a carreta irá percorrer será montado em parceria com a Secretaria de Saúde do município.

A realização deste projeto só foi possível graças ao investimento de um empresário de Campo Grande: Antônio Morais dos Santos. Ele conheceu o trabalho que o Hospital de Câncer de Barretos possui através de suas unidades móveis e fixas de diagnóstico e entrou em contato com o diretor geral do Hospital para saber se haveria a possibilidade de ter este projeto em sua cidade e beneficiar a população sul-mato-grossense.

É importante alertar sobre a faixa etária da população que poderá fazer os exames.

Mamografia: Mulheres de 40 a 69 anos
Papanicolau: Mulheres de 25 a 69 anos
Próstata: Homens de 50 a 69 anos
Pele: qualquer faixa etária – exames farão a detecção


O endereço dos dois hospitais de Campo Grande seguem abaixo:


Tel: (67) 3041-6000
Endereço: Rua Mal. Rondon, 1053 – Centro


Tel: (67) 3304-6600

Endereço: Av. Vereador Thyrson de Almeida, nº 3115 – Bairro Aero Rancho 

Postar um comentário