quarta-feira, 6 de maio de 2015

Origem da Cidade de Bonito

Bonito teve origem antes de 1869, quando o mineiro Euzébio, possuidor de 56 léguas de campo na área denominada Fazenda Rincão Bonito, teve sua família dizimada pelos índios kadiwéu.

Pórtico da cidade de Bonito-MS


Euzébio conseguiu se evadir mata adentro, rumo a cidade de Miranda, seguindo daí para a cidade de São Paulo, onde conheceu Luís da Costa Leite Falcão, para quem efetuou a venda da sua propriedade. Falcão repartiu a área nos seguintes retiros: Poção, Cachoeira, Anhumas e Lageado. Na verdade, o distrito de Bonito, nome herdado da fazenda Rincão Bonito, foi conclamado pelo genro de Luís da Costa Leite Falcão, Sr. Manoel Inácio de Farias, que apoiado pelo Intendente Cel. Pilad Rebuá, Raphael Cândia e Ângelo de Rebuá, em 27 de fevereiro de 1927, assinaram a Ata de fundação do distrito de Bonito.


Com a criação do Território Federal de Ponta Porã em 21 de setembro de 1943, esse distrito foi anexado ao distrito de Paz do Miranda. A Lei Estadual N° 145, de 2 de outubro de 1948, elevou o distrito de Bonito à categoria de município, data em que se comemora o seu aniversário. O Sr. Luiz da Costa Leite Falcão foi o primeiro escrivão e tabelião, sendo historicamente, considerado o desbravador e fundador de Bonito.

Texto enviado por Terezinha Gonçalves
Postar um comentário