quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Rio Negro (MS) - Balneários e cachoeiras atraem visitantes




Localizado a 116 km da capital sul-mato-grossense, Campo Grande, o município de Rio Negro apresenta um alto potencial turístico com seus balneários, cachoeiras e rios. Ótima opção de destino para se visitar, principalmente nos dias quentes.

Rio negro possui cascatas, algumas das cachoeiras mais altas de Mato Grosso do Sul, algumas com quedas d'água de até 100 metros de altura e cavernas de arenito que abrigam sítios arqueológicos com inscrições rupestres.

Previamente chamado de "Faca-de-pau", o município recebeu o nome de Rio Negro em homenagem ao rio que corta a cidade. O rio flui para a planície pantaneira da qual é um dos principais provedores. As cachoeiras de Rio Negro possibilitam a prática de esportes radicais como o rapel, além de serem junto com os balneários, os principais atrativos da cidade.

Confira abaixo alguns dos pontos turísticos de Rio Negro (MS):

Balneário da Neide
- Local amplo, de fácil acesso, propício à pratica de competição de Caiaque. Ponto de referência: sede do Município. Acesso mais utilizado: rodoviário pavimentado de conservação boa. Distância: 07 km.

Balneário da Neide. Foto: Divulgação / Sebrae.


Balneário Novo Paraíso -
Local amplo, com quadra de areia, campo de futebol, churrasqueira, ótimo para montar acampamentos. Ponto de referencia: Sede do Município. Acesso mais utilizado: rodoviário pavimentação de conservação boa. Distância : 18 km.

Balneário Novo Paraíso. Foto: Divulgação / Sebrae.

Cachoeira do Rio do Peixe - Localizada a 12 km de Rio Negro, a Cachoeira do Rio do Peixe é uma das mais visitas cachoeiras do município.


Cachoeira do Rio do Peixe. Foto: Divulgação / Sebrae.



Desenvolvimento regional


Em 2011 consultores do Sebrae/MS visitaram o município para mapear as oportunidades locais e elaborar ações específicas para desenvolvimento da região. A iniciativa possibilitou o planejamento para os setores de indústria, turismo rural, artesanato e agronegócio.

No turismo, por exemplo, foram planejadas ações para aproveitar o potencial da região e capacitação dos guias e atendentes regionais. Já no setor de artesanato, fortalecendo as ações devem fortalecer a atividade, o setor turístico e fomentar o comércio.

*Com informações Sebrae e Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul

Postar um comentário