segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Rede Hoteleira de Mato Grosso do Sul

No dia 9 de novembro é comemorado o Dia do Hoteleiro, profissional que trabalha com empreendimentos de hospedagem e gastronomia, entre outros serviços relacionados à área de hotelaria.

Em Mato Grosso do Sul é importante valorizar estes profissionais, pois eles ajudam a movimentar o turismo e fazer com que os visitantes retornem mais vezes ou guardem lembranças inesquecíveis dos lugares visitados.

Um dos principais destinos de ecoturismo de Mato Grosso do Sul e do Brasil e reconhecida internacionalmente pelas suas belezas naturais, a cidade de Bonito possui uma rede hoteleira com mais de 4 mil leitos em diversas categorias, como Resort, Luxo, Superior, Turística, Turística Econômica e Hotéis econômicos e pousadas, sendo as duas últimas as que oferecem maior quantidade de apartamentos.

Bonito HI Hostel. Foto: Divulgação.

O visitante pode escolher desde opções de hospedagem de baixo custo até as de luxo. Desde uma hospedagem em albergue, na qual o turista desfruta do intercâmbio cultural, espírito jovem e mochileiro até em resort com conforto, gastronomia e infra-estrutura para eventos.

Em Bonito (MS) alguns hotéis possuem parcerias com agências de turismo e oferecem diversas opções de passeios, como flutuação, cachoeiras, mergulho, contemplação da natureza, arvorismo, quadriciclo, bóia-cross, passeio de bote, cavalgada, rapel e balneários.

Veja Hotéis em Bonito
Zagaia Eco Resort em Bonito (MS). Foto: Divulgação.

Capital do Mato Grosso do Sul, Campo Grande possui uma rede hoteleira com capacidade para 5.280 leitos, todavia, segundo informações publicadas pelo Campo Grande News, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Mato Grosso do Sul, Leonardo Lorenzzetti comentou que é necessário pelo menos mais 3 mil para atender a demanda da cidade.

A importância da rede hoteleira de Campo Grande é vista em épocas de eventos, em que é praticamente impossível encontrar vagas. Apesar de estar aumentando, é necessário investir mais. Com a inauguração do Aquário do Pantanal, estima-se que a cidade receberá maior quantidade de visitantes e deixe de ser somente um destino de passagem para outras cidades do interior de Mato Grosso do Sul, como Bonito e Corumbá.

Veja Hotéis em Campo Grande


Passo da Lontra Parque Hotel em Corumbá (MS). Foto: Divulgação.

Com uma das principais folias carnavalescas do estado e a principal porta de entrada para o Pantanal, a cidade de Corumbá possui uma rede hoteleira com 4,5 mil leitos em hotéis e pousadas. Em algumas épocas do ano, os hotéis ficam 100% lotados.

Turismo, pescaria, belezas naturais, história, arte e cultura atraem visitantes para a Cidade Branca, como é conhecida Corumbá. A necessidade de se investir mais na hotelaria de Mato Grosso do Sul é importante tanto pela quantidade de turistas que podem ser abrigados, quanto pela qualidade do atendimento.

Evolução Hotelaria
A hotelaria evoluiu e está evoluindo cada vez mais através dos tempos. Em séculos passados, não havia a preocupação com as intempéries, conforto e gastronomia. De acordo com o documento "Apontamentos de Operações Hoteleiras" Foi somente a partir do meio do século XIX com as estradas de ferro e melhoria do transporte que a hotelaria mudou de aspecto, porém ainda medíocre.

Segundo o documento, no final do século XIX a hotelaria na Europa se transformou em uma verdade indústria. Nesta época surgiram as cadeias de hotéis, com destaque para o Ritz, que tinha se tornado sinônimo de "grande conforto moderno".

A indústria hoteleira ganhou cada vez mais destaque pelo mundo, tendo os meios de transporte uns dos principais papéis na situação dos estabelecimentos. Com esta expansão, os países tem investido mais nas Escolas de Hotelaria e Turismo para garantir a prestação de serviços e gestão em padrões cada vez mais exigentes e atualizados.

O bom acolhimento, o conforto e o bem-estar são alguns dos desejos buscados pelos clientes de hotelaria atualmente e pontos trabalhados pelos profissionais da área para atendê-los com qualidade.
Postar um comentário