segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Pontos de Mergulho em Mato Grosso do Sul




A região da Serra da Bodoquena em Mato Grosso do Sul é uma das mais encantadoras do estado por conta de suas águas cristalinas, cavernas, belezas naturais, preservação ambiental, fauna e é uma ótima opção de destino para quem deseja praticar o mergulho com cilindro.

Mergulho no Rio da Prata. Foto: André Seale.

Os municípios de Bodoquena, Bonito e Jardim fazem parte da região da Serra da Bodoquena e são onde se encontram os pontos de mergulho de Mato Grosso do Sul. Conhecer o mundo sub-aquático das lagoas, rios e cavernas inundadas do estado, em meio a diferentes espécies de peixes, vegetação aquática e pedras calcárias, o visitante participa de experiências únicas.

Para realizar o mergulho é necessário ter certificação. Os pontos de mergulho de Mato Grosso do Sul oferecem diversas modalidades da atividade, desde o mergulho com cilindro até o mergulho técnico.

Aos que não são certificados, uma das opções é o Mergulho de Batismo, no qual o praticante é acompanhado por um instrutor de mergulho na profundida máxima de até 8 metros. As outras modalidades são escolhidas de acordo com a certificação do mergulhador, que indicam a profundida máxima a ser atingida.

O mergulho técnico também conhecido como mergulho em caverna também é oferecido nas cavidades naturais inudandas existentes na região. A Serra da Bodoquena é um dos locais de referência para a prática no Brasil e um dos melhores do mundo para a atividade.

Abismo Anhumas - O acesso no Abismo Anhumas é feito através do Rapel. O lago situado no interior da caverna está 72 metros abaixo, sendo esta a altura a ser vencida no Rapel. Em suas águas cristalinas é possível mergulhar até aproximadamente 20m de profundidade em meio a um cenário fantástico de formações calcárias.
Mergulho no Abismo Anhumas. Foto: Divulgação / Abismo Anhumas.

Buraco das Abelhas - Situado no Parque Nacional da Serra da Bodoquena, na fazenda Figueiras, no município de Jardim (MS), o mergulho no Buraco das Abelhas está temporariamente suspense por determinação do IBAMA/CECAV.

Buraco das Abelhas. Foto: Hilmar Becker.

Ceita Corê - A Fazenda Ceita Corê oferece as atividades de trilha e cachoeiras, nas quais o visitante observa diferentes espécies da fauna e flora regionais. O mergulho no local está temporariamente suspenso por determinação do IBAMA/CECAV.

Ceita Corê. Foto: Divulgação / Ceita Corê.

Gruta do Mimoso - A variedade de formações no teto e nas paredes, tais como estalactites, cortinas etc., fazem do mergulho uma viagem fantástica que culmina com a visão do Salão dos Cones, um salão imenso com formações calcárias de quase 8 m de altura. A água é cristalina e o visual impressionante. O mergulho no local está temporariamente suspenso por determinação do IBAMA/CECAV.

Gruta do Mimoso. Foto: Reprodução / Sub Mundo Dive.

Lagoa Misteriosa - Localizada no município de Jardim (MS), a Lagoa Misteriosa impressiona por sua profundida total desconhecida e transparência da água.  O acesso até este lago de águas azuis é feito por uma escadaria de 179 degraus, confortável e segura. O mergulho com cilindro é oferecido nas categorias: Batismo, Autônomo Básico e Autônomo Avançado. No local também é oferecido o Mergulho Técnico nas categorias: Cavern Diver, Intro to Cave Diver e Cave Diver / Normoxic Trimix Diver.

Mergulho na Lagoa Misteriosa. Foto: Divulgação / Lagoa Misteriosa.

Praia da Figueira - No balneário é possível realizar a atividade de mergulho de batismo, no qual o visitante mergulha em um lago e pode visitar um barco de origem inglesa e um avião bimotor, que foram afundados no local com este propósito.

Praia da Figueira. Foto: Ben Oliveira.

Recanto Ecológico Rio da Prata - O passeio de mergulho com cilindro no Recanto Ecológico Rio da Prata, conhecido também como mergulho autônomo, é acompanhado por um mergulhador profissional experiente que acompanhará o visitante por um incrível mundo de águas cristalinas, repleto das mais variadas espécies de peixes e vasta vegetação. O mergulho no Rio da Prata ocorre em profundidades entre 5 e 7 metros e tem duração de 30 e 40 minutos, em média.

Mergulho no Rio da Prata. Foto: Caiman Scuba Dive.

Rio Formoso - Mergulho com cilindro em meio uma paisagem subaquática inusitada. Troncos cobertos por calcário que mais parecem esculturas, vegetação e fauna características, fazem do Rio Formoso um mergulho extremamente interessante para qualquer mergulhador.

Mergulho no Rio Formoso. Foto: Divulgação / Agência AR.


*Com informações do site Sub Mundo Dive.
Postar um comentário