quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Culinária de Mato Grosso do Sul




A Culinária de Mato Grosso do Sul teve bastante influência dos estrangeiros e moradores do Estado vizinho que passavam pela região, em uma época em que o Rio Paraguai era utilizado para o transporte de mercadorias, passageiros e costumes e também após a construção da estrada de ferro.

Churrasco Pantaneiro. Foto: Divulgação.
Entre os costumes estão o Tereré, a chipa, a sopa paraguaia e o locro, de origem paraguaia; o "puchero" (cozido), da Argentina; as farofas de banana com carne, pacu ensopado, frito ou assado e o caribéu (abóbora com carne seca), de Cuiabá; e a saltenha e arroz boliviano, da Bolívia.

Arroz Boliviano. Foto: Site Receitas Típicas.
Chipa. Foto: Divulgação.

Na culinária sul-mato-grossense os destaques são o Pequi (fruta típica do Cerrado), Furrundu (doce feito de mamão e rapadura de cana), Guaraná, Caldo de Piranha, Bocaiúva, Paixes Variados, Churrasco Pantaneiro, Carne seca e Doces de frutas (caju, goiaba, carambola, ábobora, doce-de-leite na palha).


Caldo de Piranha. Foto: Divulgação.
Pacu Assado. Foto: Divulgação.

Postar um comentário