terça-feira, 4 de setembro de 2012

Atrativos Turísticos de Cassilândia


Rio Aporé. Foto: Altemiro Olinto.

Cachoeiras e muita natureza estão presentes em Cassilândia e atraem visitantes para a região. Localizado a 430 km de Campo Grande, o município de Cassilândia tem como os seus atrativos os eventos culturais e a natureza, uma ótima opção para quem está à procura de um roteiro diferenciado no Mato Grosso do Sul.

Integrante da região turística do Mato Grosso do Sul conhecida como Vale do Aporé, junto com outros municípios como Água Clara, Chapadão do Sul, Inocência e Paranaíba, a região se destaca por diferentes segmentos de turismo oferecidos.

Festas carnavalescas e juninas, Festa do Peão do Boiadeiro (a quinta melhor festa do peão do circuito nacional de rodeio), Reveillon popular, Encontro de Motociclismo (Moto Fest), Festa do Queijo e Vinho estão entre as atrações festivas e culturais da cidade de Cassilândia.

Rafting em Cassilândia. Foto: Eduardo Melo.

Além dos eventos culturais, a cidade é rica em atrativos naturais e oferece diversas opções para a prática de atividades de ecoturismo e atividades radicais. Conheça abaixo alguns atrativos turísticos de Cassilândia:

Balneário do Salto - Localizado às margens do Rio Aporé, ocupa espaço para lazer e visitação turística junto à queda do Rio Aporé, com mais de 5 metros de altura que está edificada à usina desativada e tombada por lei como Patrimônio Histórico Cultural e Paisagístico do Município. É a principal referência turística do município, visitada desde 1940.

Cachoeira do Salto. Foto: Joana Dark da Silva.
Cachoeira em Cassilândia. Foto: Divulgação.

Cachoeira de Indaiá do Sul - com 27 metros de altura, volume médio de água, mata ciliar abundante em apenas uma das margens do Córrego.

Cachoeira da Boa Vista - queda de 4 metros de altura, grande volume de água. Praia na margem esquerda. Próximo à sede da fazenda. Flora e Fauna abundantes e diversificadas. Fácil acesso.

Cachoeira do Ermínio Toledo - com 15 metros de altura, correnteza forte e grande volume de água. Prainha na margem esquerda e uma usina hidrelétrica desativada. Vegetação mais preservada na margem direita.

Cachoeira do João Marinho - queda com 15 metros de altura no Rio Indaiá Grande. Praia na margem com acesso através de escadaria de concreto. Usina Hidrelédrica em funcionamento, e mata ciliar abundande.

Cachoeira do Orlando Bonini - com 10 metros de altura, grande volume de água e fácil acesso.

Cachoeira do Senhor Anderson -
com cerca de 15 metros de altura, pouco volume de água. Local repleto de rochas e vegetação ainda abundante. Do local avista-se a cidade de Cassilândia. Presença de macacos na vegetação que rodeia a queda e a trilha.

Com informações da Fundação de Turismo de MS
Postar um comentário