terça-feira, 29 de março de 2016

Pontos Turísticos de Dourados

                                       


Localizada no Sul de Mato Grosso do Sul a 220 km de Campo Grande e a 120 km da fronteira com o Paraguai, a cidade de Dourados é destaque na agricultura, pecuária e apicultura, além de ter o título de "Cidade Universitária" por conta de sua universidade e faculdades que a tornam o maior pólo educacional do Estado.

Fundado em 20 de dezembro de 1935, o Município de Dourados divisa as suas terras: ao Norte: com Rio Brilhante, Maracaju, Douradina e Itaporã; ao Sul: Fátima do Sul, Caarapó, Laguna Carapã e Ponta Porã; ao Leste: com Deodápolis; e a Oeste, com o município de Ponta Porã.

Confira alguns atrativos turísticos de Dourados:

Catedral Imaculada Conceição - A capela começou a ser construída em 1925, sendo inaugurada no ano seguinte. A população levou para a capela uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, trazida da França. A Paróquia foi criada em 1935. A atual edificação foi construída em 1943 e reformada em 1953. A Catedral Imaculada Conceição abriga em seu interior um belo mosaico em cerâmica.

Catedral Imaculada Conceição. Foto: Franz Mendes.

Localização: ao lado Praça Antônio João.
Horário de visitação: Livre

Artesanato da Vila São Pedro - Concentrados e vendidos em vários pontos da BR 163, apresenta artesanato de diversos tipos, produzidos com diferentes materiais, principalmente a madeira da qual estão sendo produzidos móveis e utilitários domésticos com traços da cultura sul matogrossense.
Artesanato Vila São Pedro. Foto: Prefeitura de Dourados.

Localização: distante 15 Km de Dourados (BR 163, Vila São Pedro).
Horário de visitação: Livre.

Monumento ao colono - Patrimônio histórico cultural, tombado em 1987, o monumento é uma referência na cidade. Homenageia os primeiros colonizadores e trabalhadores do município, retratando décadas de luta e trabalho de um povo. Significa o marco inicial da colonização.

Monumento ao colo. Foto: Divulgação.

Localização: Avenida Marcelino Pires, sentido BR 163, saída para Campo Grande.
Horário de visitação: livre.

Museu Histórico e Cultural - Criado em 1977 foi revitalizado em 2001 e reimplantado com técnicas museográficas em 20 de dezembro de 2002. Possui um vasto acervo de objetos, fotos, rouparia, equipamentos e documentação, o museu resgata a história da chegada dos primeiros desbravadores até a implantação da colônia agrícola.

Museu Histórico e Cultural. Foto: Prefeitura de Dourados.

Localização: Rua João Rosa Góes, nº: 395 – Centro.
Horário de visitação: segunda das 12h às 17h, terça à sexta das 7:30 às 17h e aos sábado das 8h às 12h.

Parque Antenor Martins - Área de preservação ambiental, com 34 hectares. Abriga cerca de 450 árvores nativas e expressiva população de aves palustres. Possui ainda lagoa, quadra de esporte, pedalinhos, pista de caminhada, campo de futebol, teatro de arena e quiosques.

Parque Antenor Martins. Foto: Franz Mendes.

Localização: Rua José Roberto Teixeira.
Horário de visitação: 6h às 21h

Igreja Presbiteriana de Dourados - Construída na década de 1950 e inaugurada em 1958. O responsável pela construção foi o Reverendo John Marion Sydens-Triker. É um ponto de referência na região central de Dourados que encanta pela sua moderna arquitetura.

Igreja Presbiteriana de Dourados. Foto: Prefeitura de Dourados.

Localização: Avenida Marcelino Pires, centro.
Horário de visitação: Livre.

Parque dos Ipês - Com o colorido dos Ipês, a paisagem permite um encontro com a beleza e com a vida saudável.É um ótimo lugar para caminhadas, possuindo pista de caminhada, quadra de peteca, vôlei de areia, basquete, futsal e playground. O Parque abriga ainda o Teatro Municipal e a sede da Academia Douradense de Letras e Cultura.

Parque dos Ipês. Foto: Franz Mendes.

Localização: Avenida Presidente Vargas.
Horário de visitação: 6h às 21h

Praça Antonio João - Em 1925, ocorriam Cavalhadas onde hoje é a Praça Antônio João, que também já foi campo de futebol. Em 1952, foram plantadas mudas de árvores e nos anos 1960, instaladas a  estátua do Tenente Antônio João, herói da Guerra do Paraguai (1864- 1870).

Praça Antônio João. Foto: Prefeitura de Dourados.

Localização: Av. Marcelino Pires - Centro.
Horário de visitação: Livre.

Reserva Indígena - A reserva de Dourados foi fundada em 1925 e compreende uma área de 3.600 hectares, onde habitam índios de tribos Kaiowá, Ñandeva e Terena.

Reserva Indígena. Foto: Franz Mendes.

Localização: BR Dourados/Itaporã.
Visitação mediante autorização da FUNAI.

Shopping Avenida Center - O shopping é um espaço para o lazer e o entretenimento, sendo considerado o segundo maior shopping center do Estado, possuindo praça de alimentação, lojas de departamentos, vestuários, calçados, cinema, diversão e supermercado.

Shopping Avenida Center. Foto: Divulgação.

Localização: Avenida Marcelino Pires, 3600.  Cabeceira Alegre
Horário: Segunda a sábado das 10h às 22h. Domingo das 14h às 20h.
                           
Usina Velha - A Usina Felinto Muller foi pioneira a gerar energia no fim da década de 40. A ruína é patrimônio cultural da cidade, que foi tombada em 15/07/1991.Sua chaminé, fornalha e caldeira, misturadas com o verde da região, espalham beleza.
Usina Velha. Foto: Prefeitura de Dourados.

Localização: Rua Albino Torraca.
Horário de visitação: somente com agendamento.

Com informações da Prefeitura de Dourados

Postar um comentário