domingo, 27 de dezembro de 2015

Parque das Nações Indígenas





Um dos principais pontos de encontros de Campo Grande (MS), o Parque das Nações Indígenas atrai moradores e visitantes diariamente por diferentes razões, entre elas, caminhada, corrida, pedalada, slackline, apresentações culturais, patinação, tomar tereré, skate, contemplação da natureza, piqueniques e até mesmo para aqueles que desejam simplesmente passar algumas horas do dia em um lugar tranquilo.

As belezas naturais do parque são parte de um dos atrativos turísticos da cidade. Quem adentra o Parque das Nações Indígenas logo se encanta com diferentes espécies de aves, como o quero-quero e coruja, e às vezes ter a sorte de observar um tucano ou arara sobrevoando pelo parque; mamíferos, como as capivaras (maior espécie de roedor do mundo), quatis e outros animais silvestres.

IMG_0599
Diversas espécies de aves são observadas no Parque diariamente. Foto: Ben Oliveira.



Para quem gosta de desfrutar dos momentos embaixo das sombras das árvores, o parque possui diferentes espécies, como jenipapo, mangueira, capitãozinha, aroeira e outras, que além de fazerem parte de um projeto de paisagismo do parque, também agradam por conta de conservação ambiental. As árvores frutíferas mantidas pelos antigos proprietários do parque também foram mantidas.

Parque das Nações Indígenas
Parque das Nações Indígenas - Um dos cartões postais de Campo Grande.
Foto: Ben Oliveira.

Fazem parte da estrutura do Parque das Nações Indígenas: pista de skate e patins, quadra de basquete, ciclovia, lago, quadra de areia, Concha Acústica Helena Meirelles, Museu das Culturas Dom Bosco e Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul - MARCO.

Localizado nos altos da Avenida Afonso Pena, o Parque das Nações Indígenas está aberto de segunda-feira a domingo, das 6 horas às 21 horas.

Capivara
Maiores roedores do mundo, as capivaras vivem no Parque. Foto: Ben Oliveira.

Próximo ao Parque das Nações Indígenas encontram-se restaurantes e lanchonetes, que vendem sanduíches naturais, água de coco, açaí, como o Kalua Sucos e Etcetera e o Kiwi Burguer, entre outras barracas; o Restaurante Vermelho Grill e o Shopping Campo Grande.

Texto: Ben Oliveira


Veja mais fotos do Parque da Nações Indígenas.

Postar um comentário