segunda-feira, 13 de junho de 2016

Porto Murtinho completa 104 anos








Divulgação: Prefeitura de Porto Murtinho


Porto Murtinho é uma cidade exuberante, com tradição histórica e ponto de visita obrigatório para quem espera novas experiências em uma cidade verdadeiramente pantaneira. Sua variedade cultural e turística realmente encanta.

Porto Murtinho - Rio Paraguai - Foto: Joaquim

Hoje, a cidade está em festa, pelo aniversário de sua fundação, em comemoração de seus 104 anos. O município de Porto de Murtinho fica 431 quilômetros da Capital de Mato Grosso do Sul.

História

A história de Porto Murtinho tem início no fim do séc. XIX, quando produtores de erva-mate criaram um porto fluvial para escoar sua produção. Escolheram um local a 50 km da montante do rio Apa, no rio Paraguai. Ali, foi construído o Porto Fluvial Murtinho, de onde começou a desenvolver-se o município. O porto teve esse nome em homenagem a Joaquim Murtinho, influente político que foi governador da província de Mato Grosso. Por ser uma cidade com mais de um século, Porto Murtinho possui prédios e estruturas que fazem parte do patrimônio histórico do Estado.
A fundação de Porto Murtinho está intimamente ligada com a Cia Matte Larangeira.

 Depósito da Cia Matte Laranjeiras


Turismo

O turismo de pesca é a sua principal atividade econômica. O trecho do Rio Paraguai em Porto Murtinho é um dos mais piscosos do Brasil, sendo por isso a pesca, além da fauna e flora, o principal atrativo da cidade. Dali partem vários barcos com pescadores e turistas.

Foto: ranchos Porto Murtinho

Castelinho (Rua Doutor Correia, 456 - Centro): Esse castelo foi construído por um comerciante da cidade, casado com uma européia, para convencer sua esposa a permanecer na cidade. Sua mulher queria que o comerciante construísse uma réplica dos castelos europeus para ela não sentir mais saudade da Europa. Possuía energia elétrica própria, água encanada e seus móveis eram importados daquele continente.

Castelinho
Ilha da Margarida: zona de livre comércio localizada no lado paraguaio. Para chegar até lá é preciso atravessar o rio, pois não existe ponte que ligue as duas regiões.

Ilha Margarida

Postar um comentário