segunda-feira, 11 de abril de 2016

BOM MESMO É COXIM, A CIDADE DO PEIXE E TERRA DO PÉ DE CEDRO

                                                                        



                                                                            Texto Célia Mattos


 Ponte velha - foto enviada por Célia Mattos



Em 11 de abril de 1898, é criado o Município de Coxim, hoje cidade pólo turístico, econômico e cultural da região Norte do estado de Mato Grosso do Sul. Portão de entrada para a parte leste do Pantanal sul-mato-grossense, situa-se no Vale do Taquari, a 250 km de Campo Grande, capital do estado.



Rio Taquari - Foto enviada por Célia Mattos




Coxim destaca-se pela infra-estrutura turística e belezas naturais invejáveis,  com cenários naturais formados por belas cachoeiras,  serras e trilhas dotadas de pontos de observação da fauna e da flora e pontos de práticas de rapel e alpinismo,  se apresenta hoje como referência do ecoturismo sul-mato-grossense.

Cachoeira das Palmeiras - Foto enviada por Célia Mattos


Furna do Retrato - foto enviada por Célia Mattos


Outro atrativo vem com a atividade de pesca, sendo um dos principais pontos de pesca do país.

Foto enviada por Célia Mattos


Atualmente a cidade conta com uma boa infra-estrutura gastronômica e hoteleira e de entretenimento para atender as necessidades dos turistas que chegam a 6 mil nos meses de alta temporada,  que compreende agosto e outubro. Na economia, a pecuária aparece como principal atividade econômica.

Restaurante Flutuante na beira do rio Taquari - Foto enviada por Célia Mattos




Na cultura destacam-se as manifestações dos costumes e tradições locais, com músicas, eventos, artesanato, gastronomia e literatura. Coxim foi o berço do sucesso da dupla sertaneja João Bosco e Vinícius, que se conheceram em 1991 com 10 anos de idade cada, onde residiam, e passaram a cantar juntos em 1994, logo após terem terminado empatados em 2º lugar num festival de música. A dupla começou a cantar em bares, e em 1999 rumaram do interior pra capital sul-mato-grossense, Campo Grande. Atualmente a dupla reside e possui escritório no município de Ribeirão Preto, no interior paulista, por motivos de estarem mais próximos ao eixo Rio-SP. Os pais de João Bosco continuam residindo em Coxim, já os de Vinícius agora residem em Campo Grande.


Dupla Sertaneja - Foto enviada por Célia Mattos


No contexto cultural a cidade ficou conhecida como “A Terra do Pé de Cedro”, despertando na lembrança popular, através da canção do menino que plantou uma muda de Cedro no fundo de seu quintal.

 

Pé de Cedro, foto enviada por Célia Mattos


Zacarias Mourão foi o autor da música Pé de Cedro”, uma canção que envolve amor e saudade, que projetou a cidade no cenário nacional e que mais tarde se tornou seu hino oficial. Até hoje, a árvore que o inspirou, está plantada no Museu municipal de Coxim. Em 2006, em uma tempestade que passou pela cidade, parte da arvore caiu.



Foto enviada por Célia Mattos - Pé de Cedro no chão

Busto de Zacarias Mourão - O Poeta do Pé de Cedro
foto enviada por Célia Mattos


Para encerrar, Por do Sol do Rio Taquari, Cenário que encanta...


Foto enviada por Célia Mattos


Foto enviada por Célia Mattos







Postar um comentário